sábado, 28 de novembro de 2009

Filme " Love Actually " - O amor acontece


Ultimamente não tenho visto nenhum filme novo que mereça ser comentado, mas hoje ao fazer zapping na televisão deparei-me com este " love actually " ( O amor acontece, na versão portuguesa ) e não resisti, e vi o filme novamente, pela milionésima vez.
É um filme que já tem uns aninhos, mas para uma romântica, como eu, é daqueles filmes que vemos uma vez e outra e de todas elas rimos, choramos...enfim..uma das melhores comédias românticas dos últimos anos, na minha opinião.
Para quem nunca viu, posso dizer que "Love actually " é um conjunto de pequenas histórias que se vão cruzando pontuadas por uma tónica comum: o Amor nas suas mais diversas formas e conteúdos, indo entre momentos bastante  comoventes e outros absolutamente divertidissimos.
Mas curiosamente é na dimensão do exagero que passa por quase todo o filme que reside um dos seus pontos fracos que é, ao mesmo tempo a sua melhor qualidade. É que é inevitável não sentirmos uma profunda afeição a este filme e à sua mensagem do Amor acima de tudo, da quebra de todas as regras, da loucura a que este conduz.
De todas as histórias e personagens neste filme, com um dos melhores elencos dos últimos anos ,destaco sem dúvida as deliciosas cenas entre Colin Firth (espectacular) e Lúcia Moniz ,nomeadamente a aprendizagem do português pelo primeiro, e a apresentação dele à família de Lúcia Moniz; a declaração de amor de Mark (Andrew Lincoln) a Juliet (Keira Knightley), recém esposa do seu melhor amigo. A hilariante cena protagonizada por Rowan Atkinson e ainda o fantástico Bill Nighty, “rocker” em decadência que aspira a um “hit” de Natal apesar do seu passado pôr tudo a perder, para não falar da história protagonizada por Liam Neeson e pela de Hugh Grant.
Um filme repleto de amor que consegue tocar o coração mais duro e muito apropriado para a época de Natal que agora se aproxima.

Sem comentários:

Enviar um comentário