segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Filme " 2012 "


E depois de muitos doces e descanso, estou de volta com as minhas sugestões e opiniões de livros e filmes.
E a minha opinião desta semana vai para o filme 2012 que vi este Natal.
Bem, que vos posso dizer sobre este filme? Para quem já viu " O dia da independência " e o  " Dia depois de amanhã " do mesmo realizador  posso-vos dizer que a fórmula é a mesma.
Todos os elementos estão presentes, e nada foi inovador. Em 2012 um cientista desconhecido faz uma descoberta incrível, o fim do mundo está prestes a ocorrer, mais precisamente a 21 de Dezembro desse ano, pelas forças destrutivas do Sol, e isto já tinha sido previsto por uma antiga profecia Maia. O assunto chega até o presidente dos EUA, e um pai comum tenta salvar sua família a qualquer custo.
São-nos oferecidas colossais nuvens vulcânicas, tremores de terra que atingem a escala 10 de Richter e maremotos de 2 km de altura, tudo com efeitos especiais de ponta e resultados visuais fascinantes, ou seja, tecnicamente, 2012 é impecável. Os efeitos são bons, os actores também, apenas a história é demasiado rotineira e previsível.
E quem estiver curioso sobre as profecias maias sobre o fim do mundo ficará a ver navios. Em quase nenhum momento isso é abordado.
Resumindo, para quem estiver à procura de puro entretenimento, com muitos efeitos especiais, então aconselho vivamente, mas se estiver à procura de respostas a questões filosóficas, se gostar de um bom enredo e achar que os  filmes foram  feitos para educar e lhe trazer algo de novo então fique em casa...ou espere e alugue o Dvd.

Sem comentários:

Enviar um comentário