quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Anne Rice


Hoje em dia há uma febre por livros e filmes de vampiros e falar de livros ( e filmes) de bruxas e vampiros e não falar de Anne Rice, é como falar da Igreja Católica sem mencionar o Papa. E como neste blog grande parte dos posts são sobre esse tópico achei que esta semana teria que fazer um post dedicado a Anne Rice, que para mim é sem dúvida a rainha dos livros sobre vampiros, terror e fantasia.
Os seus livros invariavelmente apresentam  os seus vampiros como indivíduos com as suas paixões, teorias, sentimentos, defeitos e qualidades como os seres humanos, mas com a diferença de lutarem pela sua sobrevivência através do sangue das suas vítimas e sua própria existência,  o que para alguns deles, é um fardo a ser carregado através das décadas, séculos e até milénios.
Seu livro de maior sucesso é "Entrevista com o vampiro". Anne relata que escreveu esse livro em apenas uma semana, após a morte de sua filha por leucemia, filha esta que está brilhantemente retratada na personagem Cláudia. Entrevista com o Vampiro foi para as telas dos cinemas, sendo que a autora escreveu o roteiro e acompanhou de perto a produção.
Já no segundo filme, "A Rainha dos Condenados", Anne não teve qualquer participação em nenhuma etapa de sua produção, o que pode explicar a pouca repercussão que o filme obteve e as extremas "licenças" poéticas que os produtores tomaram a liberdade de fazer descaracterizando pontos importantes da saga dos vampiros.

Sem comentários:

Enviar um comentário