terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Filme "Avatar " de James Cameron


Falar de um filme que estava a ser produzido e criado à quase uma década, que custou mais de 400 milhões de dólares e que trazia consigo uma carga altíssima de expectativas nunca será uma tarefa
fácil.O que posso dizer depois de tanta coisa que já foi dita ( boa e má ) é que sim,  pelo menos para mim valeu toda a espera e expectativa, Avatar é simplesmente um filme espectacular e emocionante.
O mundo imaginário do filme é tão vivo e bem feito que parece real. Pandora tem uma rica fauna com uma floresta ‘luminosa’ e que parece viva em uma biodiversidade tão incrível e bem detalhada que impressiona. Os animais e também a raça humanóide que habita o planeta, os Na´vi são tão bem feitos em termos de cultura e organização social que ficamos a pensar se todo aquele mundo e todos que nele habitam realmente não existem.

O filme conta a história de Jake Sully, um fuzileiro paraplérgico que chega ao planeta Pandora para substituir o seu irmão morto numa missão que visa obter um minério muito valioso, para isso tendo que enfrentar os habitantes locais conhecidos como Na´vi. E alguns humanos, como Jake, utilizam-se de avatares, que são seres Na´vi criados geneticamente em laboratório, que conseguem receber, através de uma câmara a consciência de um ‘controlador’ humano.

É claro que filmes perfeitos não existem e para mim tem um senão, o enredo da história não traz nada de novo e até já é um tema um bocado batido, a defesa do planeta e da natureza, não é que não seja um bom tema, simplesmente já está muito visto e tratado em vários filmes.
A diferença está em que James Cameron soube construir os personagens e criar cenas de acção tão fantásticas que, sinceramente, não vi nenhum mal no tema não trazer nada de novo, para mim pelo menos funcionou. Aconselho.

2 comentários:

  1. tb vi e adorei uma experiência única!

    ResponderEliminar
  2. Tinkerbell já vi que temos gostos muito parecidos, loll...e não só em filmes, mas pelos vistos sobretudo em livros, ehehe

    ResponderEliminar